10 coisas para fazer em Moçambique

10 coisas para fazer em Moçambique

COMPARTILHE

Muitas vezes descrito como uma das últimas fronteiras da África, Moçambique, um país grande na parte sudeste do continente, está entre os lugares mais privilegiados do mundo. É um paraíso para os caminhantes e possui um extenso litoral com inúmeras oportunidades para mergulho e natação.
A população é diversificada, reflectindo as tribos indígenas africanas que se estabeleceram aqui há anos, os árabes que exerciam comércio ao longo da costa por séculos, e finalmente, os colonizadores portugueses, que governaram até 1975. Apesar dos muitos contratempos que têm assolado o país desde então, incluindo a guerra civil, enchentes e secas, Moçambique tem se recuperado bem e está lentamente a ganhar uma reputação bem merecida como um país que promete muita aventura e momentos de lazer.

Eu quero com este artigo mostrar alguns dos melhores lugares para se visitar em Moçambique, assim como as melhores coisas a se fazer por aqui.

Meninos de Vamizi

1. Parque Transfronteiriço do Grande Limpopo

Uma enorme faixa de terra que compreende parte dos territórios de Moçambique, África do Sul e Zimbabwe onde é permitido que os visitantes atravessem as fronteiras livremente dentro do parque, Limpopo é o lar de cerca de 150 tipos de mamíferos, incluindo elefantes, girafas e búfalos.

2. Parque Nacional da Gorongosa

Este parque, uma vez lendário do norte de Moçambique foi quase destruído durante a guerra civil no país. Agora, recentemente remodelado, está a retornar à sua proeminência anterior e vale uma visita para verificar impalas, javalis, aves incomuns e muito mais.

3. Gastronomia Local

Em Maputo, a dica vai para a grande variedade dos frutos do mar, saindo directamente de costa de Moçambique – 2.500 quilómetros de extensão – o camarão grelhado e polvo são especialmente gostosos.

4. Montes Chimanimani

Ao longo da fronteira com o Zimbabwe, esta cadeia de montanhas, revestida de pinheiros, árvores de mogno e dezenas de plantas medicinais, é ideal para trilhas e camping.

5. Ilha de Moçambique

Esta pequena ilha ao largo da costa norte de Moçambique já foi um importante porto comercial árabe; hoje seus históricos, edifícios da era colonial e população diversificada, com fortes laços islâmicos e africanos, torna-o um lugar fascinante para explorar.

6. Arquipélago das Quirimbas

Essas 32 ​​ilhas ao largo da cidade de Pemba, que podem ser alcançadas de barco, oferecem praias de areia branca, mergulho nos recifes de coral, e vista das baleias jubarte.

7. Ponta de Ouro

A poucos quilômetros da fronteira com a África do Sul, esta pitoresca cidade possui algumas das mais belas praias do país e oportunidades de mergulho entre os golfinhos.

8. Lago Niassa

Um lago gigante, incrivelmente claro que ocupa parte de Moçambique, Malawi e Tanzânia. Afirma-se que o Lago Niassa (também conhecido como Lago Malawi) contém mais peixes do que qualquer outro lago do mundo.

9. Angoche

Um tranquila e histórica cidade na parte norte do país que ainda carrega a influência Swahili e dos comerciantes árabes.  Vale uma viagem rápida a Angoche para quem quer voltar no tempo.

10. Manica

Depois de uma importante área de comércio de ouro, esta cidade pitoresca no centro de Moçambique é agora conhecida pelas suas pinturas rupestres Chinamapere, com mais mil anos de existência, que são consideradas sagradas pelos moradores locais.

COMENTE PELO FACEBOOK

10 COMENTÁRIOS

  1. Estamos tentando fazer um carnaval sobre Moçambique aqui em Belo Horizonte. Nossa escola de samba pretende homenagear essa linda República. Gostaríamos de contar com o apoio de vocês. Aguardo contato no meu e-mail para quem quiser participar.

  2. Sou Moçambicano, mesmo que haja pessoas que não gostem, não o queiram, nunca hão-de fazer por Moçambique aquilo que, em especial, meu pai fez como um simples enfermeiro e minha mãe, como simples dona de casa, com a sua paciência bondade e coragem ajudou sempre pessoas carentes. Mas o que me custa e que aqui me traz, embora para mim não seja assim tão simples, porque me magoa e doi, é uma simples pergunta: Se foi para isto o que se passa actualmente na minga terra que a Frelimo de Guebuza lutou, porque não descobrem quem foi o causador da morte do Presidente Samora Moisés Macxhel? A filha de Guebuza é uma multimilionário, por acaso saiu-lhe o euro milhões?

  3. Moçambique foi colonia de Portugal por mais de três séculos,agora tem todo o direito de caminhar com suas próprias pernas.Povo alegre e hospitaleiro,tem o direito e o dever de mostrar para o mundo o que de mais belo que existe por lá.Que seus políticos exerção a democracia e esqueçam a guerra….

  4. Gostei muito de conhecer seu blog, farei dele leitura constante.
    Sou brasileiro da cidade do Rio de Janeiro e apesar de viver num país riquíssimo como o seu é naturalmente, entendo perfeitamente as mazelas de longos anos de colonização. Muitos brasileiros de hoje, lamentavelmente aqueles que vivem em extrema pobreza, são descendentes diretos de bravos africanos que foram escravizados.
    Por aqui temos grandes disparates sociais com o dinheiro concentrado nas mãos de pouquíssimos enquanto muitos de nós passamos fome.
    Um grande abraço

DEIXE UMA RESPOSTA