Deixe a pornografia para sempre

Deixe a pornografia para sempre

COMPARTILHE

Como faço para parar de ver pornografia?

Deixar a pornografia requer coragem, disciplina e fé.

Siga estas técnicas para livrar-se da pornografia para sempre.

Pare com isso agora, não deixe para depois.

Você já decidiu deixar a pornografia? Então deixe agora. Não deixe para um amanhã que não virá. A última vez que você esteve assistindo pornografia foi realmente a última, é tudo passado agora. Comece agora, neste momento.

Construa um ambiente de livre Pornografa

Elimine a sua colecção de pornografia agora, queime ou deite fora as revistas e DVDs.
Não mantenha um único vídeo pornográfico ao teu alcance. Se tiveres algum favorito, comece por esse mesmo.

Não conte os dias

Contar o número de dias que estás sem ver, derrota o propósito de ficar longe da pornografia. Na verdade, esta é outra forma de continuar a pensar na pornografia.
Seu subconsciente vai tomá-la como uma dor e um dia você pode vir a dizer “já aguentei demais”, e você vai voltar à pornografia.

Mate o gatilho

Muitas pessoas param para assistir pornografia por meses e de repente eles começam de novo. Não deixe os seus esforços serem desperdiçadas dessa forma.

Pare de fazer coisas que fazias antes de assistir pornografia.
Gatilhos diferem de indivíduo para indivíduo. Por exemplo, ver um filme com uma cena de sexo intensa pode desencadear alguns pensamentos sobre a pornografia, durante a cena de sexo.
O gatilho pode ser algo tão simples quanto ver um anúncio de cerveja num outdoor com mulheres “peitudas”.

Gatilhos externos e internos

Entre os gatilhos externos temos a exposição a ideias e material sexualmente explícito, viver cercado de pessoas sexualmente provocativas, e ter contacto com sistemas de distribuição de pornografia como a Internet e TV a cabo. Gatilhos internos comuns incluem stress, solidão, raiva, depressão, ânsia.
Reconheça o quanto a pornografia lhe causa problemas. Responda a esta pergunta “Como a pornografia é um problema para mim?” e anote as suas respostas num pedaço de papel.
Mantenha as respostas próximas, talvez na sua carteira, sua mesa, na mesa de cabeceira, ou ao lado de seu computador para que possas encontrá-las facilmente.
Releia suas respostas com frequência, especialmente durante os tempos que sentes vontade de ver pornografia e/ou que poderias facilmente esquecer o seu compromisso.

Pare com discursos negativos

“Minha força de vontade é fraca ou eu não tenho força de vontade”
“Eu tenho que usar pornografia”
“Eu não tenho controle sobre minha vontade de ver pornografia”

Contrarie isso com declarações mais positivas, como:
“Eu posso fazer qualquer coisa que eu definir a minha mente”
“Eu sei onde conseguir a ajuda que eu preciso”
“Eu fiz grandes mudanças no passado e eu posso repetir isso.”

Mate pensamentos pornográficos

Logo que notares que sua mente está pensando em algo que poderia torná-lo susceptível a se tornar activamente envolvido com a pornografia de novo, precisas parar.

Quando perceberes que estás a olhar para algo que é semelhante à pornografia, pare e diga a si mesmo: “isso é pornografia e eu preciso parar”.

Se estiveres num computador, desligue-o e vá para longe dele. Se estiveres a assistir televisão, mude de canal, desligue, ou levanta-te e saia da sala. Dê um passeio, chame um amigo, oiça música, passe o tempo na natureza, leia, enfim, faça o que for preciso para levar a sua mente para longe da pornografia.

Diga não ao jogo pornográfico

Imagens sexuais estão por toda parte. “Eu posso ver pornografia quando eu quiser. Eu tenho me esforçar muito para ficar longe dela”.

Não teste a si mesmo para ver que tipos de imagens sexuais você ainda pode suportar. Isso pode aumentar a exposição e vulnerabilidade a gatilhos e pode resultar numa recaída grave antes que percebas.

Diga não à spots comerciais

Há muita coisa em torno de nós que não pode ser tecnicamente chamado de pornografia, mas pessoas em “recuperação” são especialmente vulneráveis ​​à recaídas porque o ambiente cultural em que vivemos está cheio de mensagens e imagens sexualmente estimulantes. Não é fácil ficar longe da pornografia por longos períodos de tempo quando imagens que podem despertar o desejo de pornografia estão em toda parte, a saber, em anúncios de cerveja em revistas, televisão, nos links sexualmente sugestivos que surgem inesperadamente na web em sites não pornográficos, e assim por diante.

Corrija seus hábitos sexuais

Você pode ter desenvolvido hábitos sexuais e padrões que funcionam na pornografia, mas não funcionam em relacionamentos íntimos reais. Atitudes e comportamentos sexuais não mudam miraculosamente quando você pára de usar pornografia. Você precisará fazer um esforço activo para descobrir novas maneiras de definir o sexo, mudar a imagem que você associa ao sexo.

Transmitir o seu problema para outra pessoa

“Eu tenho um problema com a pornografia e eu quero deixar” Quando um usuário da pornografia diz estas palavras em voz alta para outra pessoa, ele dá um primeiro passo significativo na escalada para fora da armadilha pornográfica.

Se houver mais alguma coisa para acrescentar você será o primeiro a receber no seu email (Caso ainda não seja assinante clique aqui, é gratuito).

Esta é a segunda parte da série sobre saúde sexual (Veja a parte 1), no próximo artigo falarei sobre a masturbação.

COMENTE PELO FACEBOOK

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA