Governo Crucificou Madjermans

Governo Crucificou Madjermans

COMPARTILHE

Qual habitante da cidade de Maputo nunca viu um desfile dos Madjermans numa quarta feira?

Pelo menos eu já estou cansado de ver esses reclamando pelo dinheiro que nunca chega aos seus bolsos.

Com o tempo muitos madjermanes foram nos deixando e agora grande parte dos que fazem parte dos seus desfiles são viúvas e familiares que, não estão dispostos a desistir dos seus direitos. Tempos atrás eu recebi uma foto inusitada, na verdade é uma cena bizarra protagonizada pelos Modjermans. Um homem pendurado numa cruz – fazendo referência à crucificação de Jesus Cristo – que carregava um “letreiro” com a seguinte mensagem “Governo Crussificou Madjermans”. Ignoremos o erro ortográfico e olhemos para esta cena.

Governo Crussificou Madjermanes

Já que os senhores de colarinho branco parecem não estar dispostos a pagar nada, seria uma boa ideia criarem um Centro Cultural do Madjermans. Melhorando a situação destes senhores, estaremos a reduzir a chance de um dia esta malta fazer coisas desnecessárias.

Eu particularmente fico muito impressionado com a persistência destes homens. Moçambicanos são sempre relaxados e conformados. Estes deixaram de ser moçambicanos há muito tempo… esses Homens são Madjermanes!

COMENTE PELO FACEBOOK

6 COMENTÁRIOS

  1. BY ALL MEANS NECESSARY STAND FOR YOUR RIGHTS.NEVER GIVE IT UP.THERE'S A LIGHT AT THE END OF TUNNEL..

  2. Sem querer tirar a culpa do governo, isso blasfemar a imagens do nosso Senhor Jesus Cristo. Cristo foi crussificado por causa dos nossos pecados e a sua morte foi dolorosa por isso de maneira nenhuma podemos brincar assim so reclamarmos os nossos direitos….

  3. pelo que eu saiba este desfile, demostracao ou marcha ja é bem conhecida aqui na alemanha como a marcha da quarta feira aqui para nos os activistas do movimento de esquerda e ja se pensa em colocala na guiness book, pela historia nao se conhece uma marcha reveindicativa no mundo que durou mais de 20 anos, pensemos na positiva

DEIXE UMA RESPOSTA