O Medo de não entrar na UEM

O Medo de não entrar na UEM

COMPARTILHE

Na vida de qualquer estudante, chega um tempo que normalmente é entre o alívio que sair da escola representa e o abismo representado pela forma repentina com que a vida nos dá certos cargos. Aí, é quando precisamos mostrar que merecemos a idade que temos. É preciso ser crescido o suficiente para parar, olhar de fora para dentro e corrigir a própria vida. Devemos (tentar) perceber:

  • O que se quer fazer;
  • O que se pode fazer;
  • O que se está a fazer.

O sentimento predominante nessa fase é o medo. Para o estudante, esse medo pode aparecer pelas mais variadas causas, porém as que mais se notam são:

A falta de conhecimento; que nos faz pensar que: nascemos burros e burros morreremos

Pode não acreditar mas aqui em Moçambique é normal, chegarem na oitava classe alunos que não sabem ler nem escrever. Vezes há, em que chegam até décima segunda classe nessas condições – e querem, mesmo assim, disputar uma vaga na Universidade Eduardo Mondlane – a maior e mais prestigiada universidade do país .

O receio de fracasso é grande, principalmente para aqueles que sonham com uma vaga em cursos muito concorridos. Mas o momento de preparação, é um momento só nosso em que devemos fazer de tudo para acreditar que tudo é possível, não interessa se alguém já olhou para ti com cara de ‘‘eu vou ter futuro, e tu não’’, nem se tu próprio achas que não és capaz.

A confusão criada pela falta de organização da matéria já estudada ou por se estudar

Ao estudar sob pressão, o tempo é o pior inimigo. São vários livros, milhares e milhares de páginas. É um momento crucial para todo estudante mas é uma pena que muitos desistem justamente nessa parte.

Um bom tutor, com certeza vai te aconselhar dizendo: ‘‘Nada é difícil, somos todos capazes com esforço. Seja o conteúdo que for, seja a quantidade que for: vá em frente!’’

O ‘‘excesso de inteligência’’

Que nos faz pensar em escolher cursos pelo grau de dificuldade, na ilusão de que por fazermos o curso mais difícil do mundo, teremos mais dinheiro e/ou respeito dos outros (uma completa parvoíce)! Vamos procurar fazer o que dá algum dinheiro, mas que seja algo que gostamos de fazer em 70%. Não adianta fazer engenharia civil, se odeio aulas de Desenho! Não adianta fazer engenharia civil porque Moçambique está a crescer e há poucos engenheiros no país! Faculdade não é como Escola Secundária. Estudar é uma viagem loooooonga! Você conhece o destino mas se o caminho for complicado, pode preferir saltar do avião. Ali, de cada vez que você entra na sala de aulas, cava o seu próprio buraco, abre seu próprio caminho.

Escolhe a viagem pelo caminho que mais te agradar e vai até ao fim. Não deixa nada nem ninguém te impedir de fazer o que gostas, agora.

Consulte aqui o material de Preparação Para os Exames de Admissão à UEM

COMENTE PELO FACEBOOK

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA