Videojogos ajudam a prevenir a perda de memória

Videojogos ajudam a prevenir a perda de memória

COMPARTILHE

Os amantes de videojogos podem se alegrar. Os cientistas olham agora para os videojogos 3D como um tratamento viável para a perda de memória relacionada com a velhice ou com a demência, a redução progressiva das capacidades cognitivas, relata o Independent.

Já se conheciam os benefícios dos jogos mentais ou palavras cruzadas para exercitar a função cognitiva, mas esta é a primeira vez que os videojogos a três dimensões são incluídos neste pacote.

Durante o estudo, os voluntários foram submetidos a testes de memória antes e depois de um período de duas semanas a jogar jogos de vídeo durante meia por dia, todos os dias. Uma parte dos voluntários respondeu aos testes sem jogar.

Na segunda ronda de testes, os voluntários eram desafiados a recordar se as imagens mostradas na primeira ronda tinham sofrido alguma alteração. Aqueles que jogaram durante o período determinado obtiveram melhores resultados do que os voluntários que não jogaram.

O estudo foi levado a cabo pelo cientista norte-americano Dane Clemenson, da Universidade da Califórnia e Irvine.

Notícias ao Minuto

COMENTE PELO FACEBOOK

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA