A Polícia da República de Moçambique (PRM) em Cabo Delgado anunciou na sexta-feira (19), o desmantelamento de uma quadrilha de assaltantes a mão armada no distrito de Montepuez.

O grupo, composto por seis indivíduos, era liderado por um tanzaniano e é suspeito de ter assaltado um comerciante no Posto Administrativo de Namanhumbir, com recurso a uma arma do tipo AK-47 e uma pistola. No assalto, os criminosos apoderaram-se de 80 mil meticais.

A porta-voz da PRM em Cabo Delgado, Eugénia Nhamussua, disse que os assaltantes foram detidos na sequência de uma investigação da polícia. Eles já foram apresentados ao Ministério Público.

A polícia apela à população para que colabore com as autoridades no combate ao crime, reportando qualquer atividade suspeita.

Recomendado para si:   Filho de Bolsonaro sob investigação por espionagem ilegal