Moçambique Carta ao “Rappper” Lil Banks

Carta ao “Rappper” Lil Banks

COMPARTILHE

Bem, havia “parado” de escrever cartas aos nossos ilustres da praça… pelo que me lembro, o último foi o K.M (KEY MARQUES), mas infelizmente não obtive resposta. Embora eu creia que tenha sido anotado o conselho … caso sim, isso é o que importa! A mania da maioria dos cantores e dos que se dizem cantores, Moçambicanos (nova geração, principalmente) é que não recebem as críticas com bons olhos, tudo termina nesta pobre frase:” É INVEJA”. Dai que, meu caro LIL BANKS, que não me venhas tu, tentar esquivar a tua falta de argumentos com esses pobres dizeres. É que seria pura mentira, “jamais” teria inveja de quem considero retardado mental!

Carta ao "Rappper" Lil Banks
Lil Banks pisando a bandeira nacional em “Rip Rappers”

Meu caro Banks, desculpe-me tratar-te de tal maneira mas, após ver o teu video “RIP RAPPERS“, as ideias não se distanciaram tanto deste “retardado mental” que lhe atribuo. Uma delas era, “Este está a fazer-se de louco, para chamar a atenção…”, e a outra, ” Este é louco”! De certo que nem te passa pela cabeça o porquê de eu te associar sempre a insanidade. Ok, só para refrescar-te a ervilha que dizes ser cérebro, que usas para compôr as tuas patéticas letras e, fazer esses vídeos típicos da escória, farei um “refresh”…

“Verde e branco, preta, amarela, vermelha

Verde e branco, preta, amarela, vermelha

Verde e branco, preta, amarela ,vermelha

SAO CINCO CORES, DA NOSSA BANDEIRA…”

O que lhe lembram estas linhas, meu caro L.BANKS? Caso tenhas, de facto, ido à escola, de certo que estas nobres linhas (sabe o que quer dizer nobre?), bailam em tuas lembranças. Pois, apesar de teres partido o lápis/caneta, não creio que tenha sido na tenra idade. Valha-me Deus, Helena de Tróia, ficaria demasiado óbvia a tua ignorância… Então creio que conheces muito bem estas linhas! São da época em que os nossos educadores tentavam incutir em nós, os jovens de hoje e crianças de outrora, o valor e o sentido dos símbolos da/na bandeira nacional. E creio que houve êxito nisso, a maioria de nós cresceu sabendo e valorizando algo que, todos nós, os Moçambicanos, partilhamos! Independentemente da raça, religião, género, filiação politica e etc… Porém, não me parece que tenha sido o teu caso, oh LIL.B. Ou deves ter sofrido uma espécie de lavagem cerebral que, tratou de expulsar todos valores morais que em ti (pelos teus pais e professores) foram incutidos. Porque não faz sentido, é quase inacreditável aquilo que vi. Se alguém me tivesse contado, juro-te jamais acreditaria… Diga-me ó LIL.B, como podes tu, pores-te de cócoras por cima da nossa bandeira nacional, como se estivesses defecando? Não encontro sentido nisso, sinceramente! E sequer vestígios de uma atitude de alguém que goza da plena sanidade mental. Ou estavas possuído pelos espíritos que habitam na praia? O teu acto foi repugnante, idêntico ao do doido da praça, aquele que vadia pelas ruas, pelado, fazendo gestos e gritando palavras sem nexo! É a única descrição que lhe consigo atribuir. Porque não acredito que tenhas acordado e pensado: ” Vou pegar na bandeira nacional, ficar de cócoras por cima dela, e simular uma caganeira enquanto mando umas rimas, isso dar-me-a fama e irá reforçar meu swagg…”. Não consigo entender, ou melhor, recuso-me a perceber. Por ventura estarás tu, chamando a todo o povo moçambicano de, MERDA? Porque, de que tens presenteado ao país (Moçambique ) com merda, disso não tenho duvidas. Caso tenhas, sente-se e assista aos teus vídeos e ouve as tuas músicas. Desta vez foste longe demais e a sério, não desejo outra coisa, senão ver-te na cadeia a pagar pela ofensa que a todo povo Moçambicano, proferiste!

Caso não tenhas mais nada a gravar/cantar, melhor que te cales! Podes até ficar por aí a dizer que pegas em milhões e vestes roupa cara, que estaremos pouco nos lixando. Uma vez que a tua realidade e a de muitos da tua corja, já é bem conhecida. Vocês todos não saem da baixa da cidade de Maputo… porque será? Mas isso não vem ao caso, é problema vosso! Só que, insultar a toda uma nação para ganhar atenção, é uma brutal falta de respeito e consideração! Aconselho-te a analisares o teu infeliz acto e, em seguida, procurar a um psicólogo. Porque creio que estejas doente! Porém, se não, com todo respeito e educação, meu senhor, abandone ao ”mic”, as câmeras, a tv… tal e qual abandonaste aos cadernos e, Á À “M”! Creio que poderas bancar a consulta, uma vez que pegas em milhões… porém, se tiverem findado, venda a “roupa cara” e pague a consulta! Melhor andar nu, mas lúcido! É que só por dinheiro um psicólogo se daria ao trabalho de te escutar mas, por caridade, eu duvido! Ainda o contaminavas… E eu já me cansei das tuas “crises de lucidez”…

PS:Já agora, começo a acreditar que você, “MANIHGA”, molestou aquela menor de idade… a sério, esta ficando cada vez mais óbvio…

Foto retirada do video do (ARTISTA?) L.Banks

Profile photo of Chil Emerson David
Emerson David de A. Chiloveque, 24 anos de idade, nacionalidade moçambicana. Estuda Relações Internacionais e História, em Tula, Rússia. Assumiu-se escritor amador há 2 anos. Chil escreve contos, crónicas e artigos para jornais e blogs. Enamorado pela arte, Chil encontrou na escrita a paz que precisa para contribuir para o desenvolvimento e enriquecimento cultural da humanidade.

COMENTE PELO FACEBOOK

27 COMENTÁRIOS

  1. LCD ja disse niggaz desiste do ficar a falar mal de nos e publico falta de respeito e moral, se nao queres mais ficar e moz que vá pra outro pais que se sinta-se bem. Ogah siz gramei da resposta

DEIXE UMA RESPOSTA