X

Coisas do Batelão de Marracuene

Várias pessoas devem atravessar o rio é Incomati, diariamente, em Marrauene, para chegar do outro lado. Desde nativos,  viajantes, turistas e até os nossos dirigentes. O recurso para que se efectue a tal travessia é o famoso batelão. Aquele lugar é o ponto de partida para diversas zonas, mas o maior destaque vai para a turística Macaneta. É lá onde milhares de pessoas tanto de Moçambique como de fora vão para passar alguns dias de descanso e relaxar um pouco.
Mas agora ao batelão de Marracuene anda com alguns probleminhas. Quase sempre fica avariado e as vias alternativas para chegar do outro lado rio são inviáveis para a maioria das pessoa. O incrível é que este batelão fica dias avariado, sempre que procura-se respostas, os responsáveis dizem que levaram o motor para África do Sul para reparação. O resultado disso é a paralisação completa de tudo por lá, os residentes e os empresários que se encontram ficam a ver navios. Situação bem triste essa.
A solução encontrada pelos meninos daquelas bandas foi  amarar cordas ao batelão (grande que não é) e puxar no braço mesmo… alguns caem na água, uma vez que ali embarcam pessoas e bens, sem contar com viaturas de pequeno e grande porte, como você poderá observar nas fotos à seguir.
Outra alternativa encontrada são as canoas – obviamente elas têm dono e estes cobram os preços que quiserem para quem quiser fazer uso delas.

Comments are closed.