A Lebre e a Galinha

A Lebre e a Galinha

Este é um conto ronga muito antigo, traduzido para o português, o primeiro de uma série semanal que estou a preparar. 

———————————

Acontece que Lebre a Galinha fizeram uma combinação. A Lebre foi tagarelar para o pé da amiga. A Galinha disse-lhe: “Amanhã quando chegares verás que não estou em casa; verás que fui para a pesca.”

A Lebre voltou a casa da Galinha de manhã cedo. Então as mulheres da povoação disseram-lhe: “A tua amiga saiu, foi à pesca.” A Lebre disse: “E esta galinha sem cabeça não é ela?” As outras mulheres disseram: “É ela!… Só a cabeça é que foi pescar, o corpo ficou, olha, está a respirar.” A Lebre respondeu: “Está bem, fico aqui para ver quando é que a cabeça volta da pesca.”

Ora a Galinha tinha escondido a cabeça entre as pernas.

O sol descia e elas disseram-lhe: “Vai procurar a Galinha ao pé da água.” A Lebre foi à procura da cabeça da Galinha. As mulheres, por seu lado, foram à beira do rio, compraram peixes, meteram linhas e a Galinha (que tinha tirado a cabeça de entre as pernas) também os ajudou.

A Lebre voltou; não a tendo encontrado junto ao rio disse-lhe: “Minha cara, há muito tempo estou à tua espera! – Deixa-la! Anda, toma um peixe.” A Lebre respondeu: “Certo.” A Galinha disse: Amanhã vou eu visitar-te.” A Lebre disse: “Vais ver que eu também cortei a cabeça para ir pescar.” A Galinha levantou-se cedo, foi a casa da Lebre.

Encontrou as pessoas a chorar: a Lebre tinha preparado linhas – para ir pescar – depois cortou a sua própria cabeça e morreu!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here