Angélique Kidjo ganha Grammy com disco “Eve”

Angélique Kidjo ganha Grammy com disco “Eve”

A cantora Beninense, Angelique Kidjo, autora do hit “Agolo” foi a grande vencedora do Grammy na categoria “Melhor Álbum World Music” com o álbum intitulado “Eve”, deixando para trás o brasileiro Sérgio Mendes que também concorria naquela categoria com “Magic”.

Com cerca de 10 álbuns e diversos singles lançados durante o seu percurso, a versátil cantora de 55 anos de idade, dedicou o álbum “Eve”- que é o segundo Grammy depois de ter ganho na categoria “Melhor Álbum de World Music Contemporâneo”, à todas as mulheres africanas. “Este álbum é dedicado às mulheres de África, a sua beleza e a capacidade de resistência”, disse Angélique no âmbito da recepção do prémio na cerimónia realizada em Los Angeles, EUA.

 Angelique Kidjo

Angèlique avançou ainda que “para mim, a musica é a arma da paz e hoje, mais do que nunca, como artistas, temos um papel a desempenhar para a estabilidade deste mundo, rematou.

A 57ª edição do Grammy foi marcada por muitas surpresas em termos de premiações, Pharell Williams, autor do hit Happy, a diva e esposa de Jay-Z, Beyoncé e Beck que foi merecedor de severas críticas por parte do Kanye West, foram alguns dos premiados da noite, mas o destaque daquela noite foi o novato norte-americano Sam Smith, de 22 anos de idade, tendo levado para casa quatro prémios, nomeadamente, Canção e Gravação do ano, por “Stay with me”, Álbum Pop Vocal, por “In the lonely hour”, e Revelação.