Dama do Bling de volta com “O outro lado da Lei”

Dama do Bling de volta com “O outro lado da Lei”

A Rainha do Hip-Hop moçambicano, Dama do Bling, volta a dar graça da sua presença aos palcos depois da sua ausência de 1 ano para se dedicar ao seu segundo filho, Prince Samamad.

“Outro lado da Lei” é o título da música de intervenção social que retrata a vida dos agentes da Polícia da República de Moçambique (PRM), onde a rapper faz lembrar que um agente policial é um indivíduo que enfrenta as mesmas dificuldades que um cidadão comum.

Num dos trechos “vocês nunca imaginaram que, ao tirar a farda, não eram diferentes de outro homem que trabalha, que sobrevivia com pouco para ajudar a família, que sofria para apanhar transporte, que fazia bicha”, ‘do Bling’ repudia os casos de corrupção perpetrados pela polícia contra os outros cidadãos.

É uma música digna de aplausos pois retrata tacitamente a realidade social dos moçambicanos e para a artista “é umaforma de dar aconhcer o outro lado da polícia que ninguém imagina”.

Dama do Bling avança ainda que “todos nós somos responsáveis por um mundo mais humano, justo e solidário, menos desigual e com mais oportunidade para todos. De que maneira um indivíduo pode fazer a sua parte? Existem várias formas, mas para todas elas é preciso dar o primeiro passo.”

É necessário que as pessoas reconheçam os ganhos de se viver em comunidade e de pertencer a um grupo, ou seja, precisamos ter consciência de que todos fazemos parte de um sistema e que não estamos sozinhos. É evidente que as pessoas devem participar mais e não apenas ter a esperança de um dia melhor. Para que possamos colher frutos de acções, não há outra maneira senão plantando. Se hoje colhemos frutos, alguém teve que plantar para nós; às vezes, até se sacrificou a fim de contribuir para um mundo mais justo.