Hernâni da Silva na 3ª edição do Coke Studio África

Hernâni da Silva na 3ª edição do Coke Studio África

O rapper moçambicano, Hernâni da Silva, participa da terceira edição do Coke Studio África, em Nairóbi, capital do Quénia.

Hernâni, ou simplesmente, Nanye, é um rapper moçambicano que iniciou a sua carreira musical no grupo de Hip-Hop denominado Sameblood juntamente com o seu produtor oficial Ell Puto, com quem nunca deixou de trabalhar, continuando, portanto, fazendo parte do mesmo grupo.

Em 2007, ele evidenciou-se na arena do RAP ao trazer uma vertente musical, até então, inexplorada, o Punchline, na música Jump produzida por Teknic. Por conseguinte, teve reconhecimento por parte de rappers mais radicais, os undergrounds, e dos que faziam o estilo bounce. Em consequência disto, não parou de receber convites para participar de comboios (músicas com vários mcs, geralmente, sem coro).

Um outro convite que alegrou tanto o rapper e o povo moçambicano foi o da participação na 3ª edição do Coke Studio África, em Nairóbi, no Quénia. Assim, o rapper, acompanhado por Ell Puto, foi à cidade de Nairobi demonstrar o seu talento no concurso que reuni apenas cantores africanos de diferentes estilos musicais. No concurso, ainda em curso, Nanye sobrepõe letras de músicas já conhecidas, como a da Whatsapp e a da Musica de Fim-de-semana, em novas instrumentais – ao vivo –, ao lado da cantora Di’já, do grupo nigeriano, Mavins. Este dueto denomina-se Music Mash Up.

Mais três cantores moçambicanos participam do Coke Studio África, nomeadamente: Neyma, G2 e Dama do Bling (King Bling).

As actuações dos músicos no concurso podem ser assistidas na Tv Miramar, aos domingos, às 18h. Para ver as actuações de Hernâni clique nos videos abaixo.