Turismo em Moçambique Gorongosa: Parque Nacional – Guia de Viagem Por Moçambique

Gorongosa: Parque Nacional – Guia de Viagem Por Moçambique

COMPARTILHE

O Parque Nacional da Gorongosa situa-se no coração do centro de Moçambique, na província de sofala.

História

O Parque Nacional da Gorongosa foi criado inicialmente para fins de caça, em 1920, pelo então Governador Pery de Linde. Entre 1935 e 1960, ano no qual alcançou o status actual, o Parque assumiu várias formas e tamanhos, com o tamanho máximo de 12.000 quilómetros quadrados em 1956. A dimensão e os limites definitivos foram estabelecidos em 1967. A visitação ao Parque alcançou o seu auge com 12 mil visitantes em 1971. Os anos seguintes foram marcados pelo aumento da instabilidade na região, devido à guerra de libertação que se aproximava das províncias centrais.

Parque Nacional de Gorongosa
Parque Nacional de Gorongosa

Em Dezembro de 1981,  a sede do Parque (Chitengo) foi atacada pela primeira vez pela Renamo. Em 1983, devido ao aumento do número de ataques, o parque foi abandonado e encerrado para os visitantes, por razões de segurança. De 1983 a 1992, o parque foi palco de alguns dos mais pesados ​​combates entre forças da Frelimo e da Renamo, que alternadamente ocuparam o Parque. Foi durante este período que a maioria das mortes de animais selvagens ocorreu. Acredita-se que a segunda onda de matança em massa de animais selvagens no Parque tenha ocorrido após a assinatura do Acordo de Paz (1992 a 1994), quando os caçadores comerciais da Beira e distritos circunvizinhos, pela primeira vez em dez anos, tinham acesso livre ao mato .

Em 1995, inicia um Programa de Emergência para a reabilitação do Parque em 18 meses, financiado pela União Europeia e implementado pela União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais. O programa conseguiu ocupar com sucesso o Parque e criou uma equipa contra os caçadores furtivos, composta por sessenta guardas. Ocorreu também o processo de desminagem de cerca de 80% das áreas suspeitas e implementados programas de sensibilização da comunidade.

Flora e fauna

Devido à sua localização geográfica, o Parque Nacional da Gorongosa possui os mais variados tipos de habitats na região, e logo, a fauna é diversificada e abundante. Embora a maioria das espécies de mamíferos de grande porte tenha sido severamente reduzida, nenhuma das espécies que existiam antes foi extinta, o que significa que a diversidade de espécies e o habitat ainda estão intactos. Grandes rebanhos de antílopes de diferentes espécies podem ser encontrados no parque. Os leões e elefantes são vistos, mas seus números ainda são baixos para encontros frequentes.

As aves estão em mais de 580 espécies, incluindo espécies endémicas e raridades continuam a ser uma atracão inalterada do Parque.

 

Clima

Parque Nacional da Gorongosa fica fechado durante a estação chuvosa (geralmente Dezembro-Março) A precipitação anual é em torno de 1.000 – 1.400 milímetros por ano. As temperaturas no verão estão numa média de 30-40c com humidade elevada, enquanto os meses de inverno estão em torno de 20 – 30 C.

Como Chegar

Pode-se chegar ao parque através da estrada EN1  de Maputo, e pela EN6 da Beira. Ambas são estradas de alcatrão. Veículos 4×2 ou 4×4 são os únicos que podem ser úteis lá. A LAM e a SA Airlink oferecem vôos regulares para a Beira e os visitantes podem alugar um veículo de uma empresa de aluguer de automóveis respeitável na Beira.

COMENTE PELO FACEBOOK

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA