X

MFW: a extravagância do vestido vitorioso

No sábado, realizou-se o segundo desfile do Mozambique Fashin Week (MFW), para a categoria de School Designer, no átrio do Concelho Municipal da Cidade de Maputo.

O evento, que visa a promoção de estilistas promissores vindo de algumas instituições de ensino da cidade capital, reuniu vinte estilistas dos quais apenas uma seria eleita a vencedora. Nele, vários modelos, desde os mais simples até aos mais extravagantes, reluziram nos olhos do público que não poupou os aplausos em reconhecimento do trabalho realizado pelos estilistas.

As estilistas apresentaram suas peças – uma de cada –, acompanhadas com seus respectivos manequins. Maioritariamente, as roupas eram femininas, e, esta monotonia foi quebrada pela estilista Ricardina Muapiwa exibindo o único modelo masculino. A criatividade desta resumiu-se num casaco castanho extravagante em detalhes de estampa; num macacão, que quando coberto com o casaco, parece uma simples calça castanha; e, o que parecia uma camisa era uma túnica que desce até à altura dos joelhos.

Todavia, o look que mereceu fortes e longos aplausos do público e do júri foi o vestido-triplo da estilista Jennifer Macuácua, a vencedora. Esta apresentou um vestido vermelho com detalhes pretos e que pode ser utilizado de diversas maneiras e para diversas ocasiões. As fotos falam por si:

A vencedora, da Escola Secundária Francisco Manyanga, ganhou uma máquina e um curso de corte e costura oferecidos pela Bernina, e poderá participar da 12ª edição do MFW na categoria Young Designer.

Por conseguinte, em reconhecimento do trabalho de mais três estilistas, Farzana Alberto da Universidade Eduardo Mondlane; Neyma Machava da Escola Secundária Heróis Moçambicanos; e Ricardina Muapiwa da Escola Particular União Baptista, o júri decidiu, no momento, premia-las oferecendo cursos de corte e costura na Bernina.

Comments are closed.