Papa Francisco defende uniões civis entre homossexuais