Coisas de Moçambique O Problema das Tolerâncias de Ponto em Moçambique

O Problema das Tolerâncias de Ponto em Moçambique

PARTILHA COM A MALTA


Não é quero ser Judas e muito menos quero dizer que não gosto de feriados, afinal é menos um dia no trabalho e na faculdade, daqueles dias em que podemos acordar e ver desenhos animados, filmes, novelas, até o dia terminar. Logo, eu também adoro feriados, mas vou reclamar deles mesmo assim. Acho que em Moçambique existem feriados em excesso, tolerâncias de ponto então?

Conversei com alguns amigos e as opiniões ficaram bem divididas, alguns me dão razão e outros negam, alegando que outros países africanos têm mais feriados em relação a nós. É verdade. Mas, o meu problema não são os feriados propriamente ditos e sim a questão das tolerâncias de ponto. São tantas, pá.

Cá entre nós, só com os nove feriados que temos mal trabalhamos. Há vezes que calham aos domingos, ficamos três dias cheinhos sem trabalhar porque depois dão a famosa tolerância de ponto. Os jovens (que não perdem uma) ficam nas barracas e gastam tudo e mais alguma coisa com bebida, no lugar de desperdiçar o seu rico e precioso tempo com o trabalho que vai ajudar o país a desenvolver.

Fala-se tanto em pobreza absoluta. Que se ficássemos apenas com os nove feriados e esquecêssemos totalmente as tolerâncias de ponto? Acho que seria bem mais útil e rumávamos rapidamente para o combate a pobreza extrema.

Longe de mim defraudar expectativas dos moçambicanos, mas achei que podia reclamar do assunto. Afinal de contas não muda nada mesmo. Pronto, falei.

COMENTE PELO FACEBOOK