Silva Armando Dunduro

Silva Armando Dunduro

Carreira Profissional de Silva Dunduro

Silva Armando Dunduro (Búzi, Nascido a 25 de Fevereiro de 1964 ) é um Investigador sócio-cultural e político moçambicano. É Ministro da Cultura e Turismo desde 19 de Janeiro de 2015.

Vida pessoal de Silva Dunduro

Nascido a 25 de Fevereiro de 1964 no distrito do Búzi, sul da província de Sofala, é filho de Armando Mundozeia e de Jobode Chinarrenhe, ambos camponeses.

Silva Dunduro é casado e pai de cinco filhos. Fala Cindau, Cisena e Português.

Educação de Silva Dunduro

Silva Dunduro concluiu o nível primário na Escola Missionária de São João de Deus, em 1977, e o básico na Escola Secundária Samora Moisés Machel, em 1982.

Prosseguiu a formação técnico-profissional, tendo concluído na Escola de Artes Visuais de Maputo, em 1986. Fez a licenciatura em Ensino de Geografia pela Universidade Pedagógica, Delegação da Beira, em 2004, e, em 2010, concluíu o mestrado em Bens Culturais e Projectos Sociais, pelo Programa de Pós-Graduação em História, Política e Bens Culturais da Fundação Getúlio Vargas, Rio de Janeiro – Brasil, como bolseiro da Fundação Ford.

Carreira Profissional de Silva Dunduro

Biografia de Silva Dunduro

Investigador sócio-cultural de profissão, Silva Dunduro, até a data da sua nomeação assumia a função de Chefe da Secção de Investigação no Instituto de Investigação Sócio-Cultural (ARPAC), desde 2007. Anteriormente, Silva assumiu diversos cargos e funções na arena cultural. Entre 1987 e 2003, foi Director da Casa Provincial de Cultura da Beira e chefe de Planificação.

De 2003 a 2004, liderou a direcção da Cultura, Juventude e Desporto da Cidade da Beira e foi formador de professores da área cultural nas instituições de ensino como Instituto de Magisério Primário (IMAP), Instituto Superior Dom Bosco (ISDB) e Escola Secundária da Beira (ESB). Silva Dunduro foi co-autor da obra sobre Vida e Obra de Luís José Marra. Foi coordenador de vários projectos de pesquisa sóciocultural, palestrante sobre temas sócio-culturais dentro e fora do país.

Já assumiu o cargo de Vice-Presidente da Associação Cultural “Casa do Artista”. É membro do Núcleo de Arte de Maputo, membro da Associação Cultural “Nkulunguana”, artista plástico e membro do Partido Frelimo. Em 1989, teve o prémio de Emulação socialista.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here