Estilo de Vida Pressão arterial pode prever sexo do bebé antes de ser concebido

Pressão arterial pode prever sexo do bebé antes de ser concebido

Na gravidez, há características que podem indiciar se a mulher carrega um menino ou uma menina. O formato da barriga é uma das características mais evidentes e são muitos os que acreditam que uma barriga mais redonda é sinal de menina, enquanto uma barriga mais bicuda significa que vem aí um ‘pilinhas’.

Um novo estudo sugere que há uma nova forma de prever o sexo do bebé, mesmo antes de este ser concebido.

Cientistas do Canadá referem que a pressão arterial de uma mulher, 26 semanas antes de conceber, pode indicar se esta dará à luz um menino ou uma menina, sendo que uma maior pressão sanguínea é sinal de que será mãe de um menino.

Sugere-se que a pressão sanguínea de uma mulher antes da gravidez é um factor que pode identificar se esta tem mais probabilidades de ter um menino ou uma menina”, afirma o endocrinologista Ravi Retnakaran, do Hospital Mount Sinai, em Toronto.

A descoberta foi feita depois de um grupo de cientistas ter tentado encontrar um rácio lógico entre o número de raparigas e rapazes no mundo, tendo verificado que tempos mais stressantes como guerras, desastres naturais ou depressões económicas alteram a porção de raparigas e rapazes”, explica o The Telegraph.

A diferença é que, em situação de maior pressão, um género tem uma maior capacidade para sobreviver do que outro durante a concepção.