Cartões amarelos e vermelhos apareceram na Copa do Mundo desde 1970, mas, o uso de cartões vermelhos só foi registado a partir de 1974. Anteriormente, o árbitro dava advertências aos jogadores exclusivamente verbalmente. O árbitro teve que primeiro avisar os jogadores em campo e depois anotar em seu caderno, mas muitas vezes tais medidas disciplinares não eram claras. Posteriormente, para que jogadores e torcedores entendessem claramente o que exatamente estava acontecendo em campo, foram introduzidos cartões amarelos e vermelhos. O primeiro jogador da história a receber cartão vermelho na Copa do Mundo foi Carlos Casselli, jogador de futebol chileno. Posteriormente, destino semelhante não escapou aos jogadores brasileiros.

Você pode, não apenas estudar a história do futebol brasileiro, como também fazer previsões sobre o que pode acontecer no futuro, basta encontrar uma plataforma comprovada que ofereça uma ampla gama de jogos globais e competições locais. A melhor solução é baixar Brabet para o seu dispositivo móvel para acessar o quadro de onde você estiver.

Jogadores Com Mais Advertências

É quase impossível pesquisar toda a história do futebol brasileiro, por isso, decidimos olhar para os jogadores com mais cartões amarelos na 1ª rodada do Campeonato Brasileiro 2023. As estatísticas mais recentes permitir-lhe-ão compreender melhor os meandros do esporte nacional. Durante a 1ª rodada do Campeonato Brasileiro de Futebol de 2023, esses foram os que mais receberam cartões dos jurados:

  1. Kannemann. Um jogador do Grêmio que ganhou 8 cartões amarelos e 1 vermelho.
  2. André Neto. Integrante da equipe do Fluminense, que conquistou 7 cartões amarelos e 1 cartão vermelho no Campeonato Brasileiro.
  3. Britez. Um jogador do Fortaleza recebeu 7 cartões amarelos e 1 vermelho.
  4. Mercado. Membro do clube brasileiro Internacional. Durante o campeonato, ganhou 7 cartões amarelos e 1 vermelho.
  5. Rodrigo Fernández. O jogador do Santos recebeu 8 cartões amarelos.
  6. Maguinho. Este jogador do time goiano recebeu 6 cartões amarelos e 7 vermelhos do árbitro.
  7. Maurício Lemos e Saravia. São jogadores do time do Atlético Mineiro. Eles receberam igual número de cartões – 6 amarelos e 1 vermelho cada.
  8. Bruno Melo. Este é um membro do clube de futebol goiano que ganhou 7 cartões amarelos.
  9. Reynaldo. O jogador do Grêmio recebeu 7 cartões amarelos dos juízes.

Se você estudar as estatísticas por equipe, o maior número de cartões foi para o clube brasileiro Coritiba – 72 cartões no total, sendo 70 amarelos e 2 vermelhos. O menor número de medidas disciplinares foram tomadas contra integrantes do time do Flamengo – foram recebidos 39 cartões, sendo 38 amarelos e 1 vermelho.

Recomendado para si:   Parlamento das Maldivas em caos após confrontos entre deputados

Como Os Cartões Influenciaram Suas Carreiras E O Jogo Em Equipe

O clube do Coritiba é líder indiscutível em número de cartões entre seus jogadores, no total, os jogadores marcaram 72 gols. Ao mesmo tempo, as exclusões de jogadores afetaram mais o jogo de Santos, Atlético Mineiro e Fluminense, mas houve times que evitaram completamente os cartões vermelhos – Vasco da Gama e Corinthians. De forma geral, a ausência de afastamentos de jogadores importantes teve um impacto positivo no desempenho dos clubes.

Razões Para Estatísticas Disciplinares Elevadas

A disciplina durante uma partida de futebol é um dos aspectos mais importantes do esporte moderno, mas não são apenas as violações físicas que podem implicar certas medidas disciplinares. Tendo em conta o ambiente moderno do jogo, bem como o “politicamente correto”, os jogadores podem ser punidos pelos árbitros de 3 formas possíveis: cartão amarelo, cartão vermelho ou suspensão por um determinado número de jogos.

Alguns especialistas preferem atribuir estatísticas tão disciplinadas ao temperamento dos jogadores. Além disso, o motivo pelo qual os cartões amarelos no Campeonato Brasileiro ultrapassaram os 1.000 pela primeira vez desde 2013 no 1º turno é porque a CBF orientou os árbitros a aumentar a gravidade das reclamações durante as verificações do VAR.

Lições Das Carreiras Dos Jogadores Mais Difíceis

Os atletas brasileiros não constam nas listas dos jogadores mais duros do futebol, existem muitos nomes estrangeiros aqui, em particular, Vinnie Jones. Muitos fãs de futebol se lembram dele por seu jogo difícil no Chelsea, Leeds United e outros clubes. Foram 12 expulsões em sua carreira profissional. A maioria dos jogadores ainda está impressionada com seus tackles. O pior confronto ocorreu quando Jones estava jogando pelo seu país e feriu gravemente Gary Stevens, como resultado disso, Stevens deixou o esporte.

Pode-se notar que a lição mais importante das carreiras de jogadores de futebol durões é que se quiserem permanecer em campo, devem respeitar o quadro disciplinar. Ninguém quer ser afastado e deixar seu time sem nada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui