Tecnologia Sony cria protótipo de óculos inteligentes

Sony cria protótipo de óculos inteligentes

COMPARTILHE

Denominada SmartEyeglass, a versão de óculos inteligentes foi criada pela empresa Sony depois da Google ter abrandado a sua produção para trabalhos de aperfeiçoamento.

A Sony não perdeu tempo e se apropriou do projecto, que verá os seus produtos lançados e comercializados a partir de Março deste ano.

A primeira versão destes óculos comercializada pela Sony está especificamente destinada a desenvolvedores de aplicativos e já pode ser encomendada nos Estados Unidos da América, Reino Unido e Alemanha por cerca de US$ 840, o equivalente a 28.313 meticais.

A partir do 10 de Março, também estará à venda para empresas tecnológicas de Espanha, França, Itália, Bélgica, Holanda e Suécia.

Os SmartEyeglass poderão conectar-se com smartphones compatíveis e permitirão visualizar informação como texto, símbolos e imagens.

A Sony também distribuirá um pacote de software para fomentar o desenvolvimento de aplicativos específicos para o dispositivo, com o objectivo de comercializá-lo em 2016 para clientes particulares e para uso profissional.

Este lançamento foi feito quase um mês depois da Google ter anunciado que deixou de vender o protótipo dos seus óculos inteligentes, a Google Glass, embora tenha assinalado que continuará a trabalhar para aperfeiçoar o dispositivo e lançá-lo ao mercado mais adiante.

A companhia americana pôs fim ao programa “Glass Explorer”, que durante dois anos permitiu que milhares de pessoas testassem os óculos interactivos e incorporassem as mudanças sugeridas e decidiu criar uma unidade independente com a equipe que trabalha no desenvolvimento do dispositivo.

Na verdade, o SmartEyeglass é um olho ciborgue que pode ser conectado aos óculos convencionais.

Trata-se de um pequeno módulo com poder computacional, que o utilizador pode prender no quadro dos seus óculos.

a-epson-prometeu-para-marco-o-lancamento-dos-oculos-inteligentes-moverio-bt-200-por-us-699-cerca-de-r-1665---ainda-exclusivo-para-desenvolvedores-o-google-glass-tambem-esta-previsto-para-chegar-138918844958

Possui um microdisplay OLED de 640×400 que projeta imagens em um pedacinho de vidro, que se alonga para dentro do seu campo de visão. Lá dentro também estão um processador ARM Cortex-A7, bússola, acelerômetro e uma bateria de 400 mAh.

Este sistema de computação “vestível” pode ainda gabar-se pela sua conectividade Wi-Fi e Bluetooth, sendo que não precisa necessariamente de um smartphone para se conectar à internet – mas poderia conectar-se a outros dispositivos caso necessário.

E o mais importante: é leve! Pesa apenas 40 g, e embora não seja tão leve a ponto de ser esquecido, ele definitivamente dá mais a impressão de se estar usar óculos do que qualquer outra coisa.

Este dispositivo pode ser útil para os praticantes de desporto, medindo o tempo e a velocidade percorridas.

Sony-SmartEyeglass-Attach

COMENTE PELO FACEBOOK

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA