Site de conteúdos pornográficos cria vídeos para cegos

A pensar nos mais de 285 milhões de cegos em todo o Mundo que têm acesso condicionado à pornografia, o site de conteúdos pornográficos Porhub criou uma nova categoria chamada “vídeo descrito”, que acrescenta narração das cenas escaldantes a vídeos para adultos já existentes.

Os vídeos são descritos ao pormenor, por locutores profissionais, bem como pela ‘Aria’, a personalidade virtual criada pelo site para gerir a interacção com os fãs nas redes sociais.

O vídeo começa com uma mulher latina, de baixa estatura e cabelos loiros, deitada numa mesa de massagens. Está nua, apenas com uma pequena toalha a cobrir-lhe o rabo“, pode ouvir-se num dos vídeos incluídos na categoria.

A nossa campanha do vídeo descrito procura promover o diálogo entre a comunidade do Pornhub, não só na forma como podemos chegar aos cegos, mas também como tornar o site acessível para todos. Com 60 milhões de visitas diárias, é imperativo que comecemos a incluir conteúdos para todos, sem excepção, na nossa plataforma“, explica Corey Price, vice-presidente do Pornhub ao site Huffington Post.

Pornhub cria vídeos para cegos “Foi um desafio, mas conseguimos”, congratula-se o empresário, ao mesmo tempo que adianta que já estão disponíveis 50 vídeos com descrição áudio nas categorias “heterossexual”, “para mulheres”, “gay” e “bissexual”, e que muitos mais chegarão em breve.

Corey Price acredita que os vídeos possam agradar não só aos cegos, como também ao público em geral, uma vez que tornam a experiência “diferente do habitual”.

No entretanto, o Pornhub já prepara a hipótese de ter os vídeos pornográficos legendados, para que os surdos se sintam também incluídos na plataforma de conteúdos para adultos.

Correio da Manhã