Cahora Bassa

Cahora Bassa

A hidroeléctrica de Cahora Bassa ou Cabora Bassa é uma barragem imponente situada na província de Tete, construída na década de 70 no rio Zambeze. É a segunda maior barragem de África. A albufeira tem 250 km de comprimento e 38 km entre margens, e ocupa uma área de cerca de 2.700km2. Actualmente abastece de electricidade Moçambique, África do Sul e Zimbabwe.

Cahora Bassa
Vista Incrível de Cahora Bassa

Como Chegar a Cahora Bassa

Estando em Tete, pegue a estraga para o Zimbabwé até chegar ao desvio que leva a Songo. Depois é só seguir o seu faro – a estrada é boa  e vai levá-lo a Songo sem muitas complicações. Se for preferir, pode pegar os chapas que partem do escritório TDM na Av. de Liberdade. A passagem pelas montanhas é espectacular.

Passeando Por Lá

Songo foi criada em 1969 para abrigar os trabalhadores da construção da barragem. Ainda é muito ligada à Cahorra Bassa. É um local totalmente diferente de qualquer outro em Moçambique. Há poucos centros oficiais na cidade – é constituída por uma série de bairros vagamente conectados. Chapas também não são abundantes. Mas não sentirá muita falta disso, a melhor coisa que pode fazer é agendar caminhadas que são bastante agradáveis. Songo é uma das localidades mais atraentes em Moçambique. Não parece ter sido muito afectada pela guerra ou com o tempo. As partes interessadas na barragem têm de alguma maneira contribuído para a manutenção da cidade. Vale a pena uma visita.

Coisas para ver em Cahora Bassa

Coisas para ver em Cahora Bassa
Uma vista como essa só exista lá!

As colinas e a própria barragem. As colinas mais próximas são fáceis de serem vistas – basta olhar ao seu redor. As mais distantes vão exigir mais esforço e boa disposição. O local é seguro, por isso não há problema em passear pelas redondezas. Seja como for, consulte aos nativos e às autoridades locais, que eles melhores do que ninguém podem ajudá-lo a ir para onde quizer.

Coisas para fazer em Cahora Bassa

Pescar  Peixe-tigre e outras espécies comuns. Há também visitas guiadas à barragem. Existem alguns locais onde a pesca é proibida, além disso você precisa chegar à área da barragem principal, se você quiser pegar os tigres.

E para comprar?

Alguns mariscos e nada mais do que coisas comuns no super-mercado e no bazar locais.

Lugares para comer

Restaurante O Sitio em Songo e o restaurante A La Carte  do Ugezi Tiger Lodge.

Lugares para dormir  em Cahora Bassa

Lugares para dormir  em Cahora Bassa

Nhenda Camp – Uma espécie de acampamento nas margens do Lago Cahora Bassa.

Ugezi Tiger Lodge – Situado perto da cidade de Songo, Ugezi tem 15 chalés e 4 quartos auto-suficientes, todos com ar-condicionado e uma área de acampamento.

Moringa Bay Lodge – Lugar muito confortável e limpo a um preço razoável. Próximo à barragem principal, o que significa que não precisa andar muito para pescar, eles oferecem todo o material.

Esta foi uma viagem rápida por Cahora Bassa e arredores. Já passa muito tempo desde que este texto foi escrito, talvez você possa nos contar das suas aventuras por Cahora Bassa.

17 COMENTÁRIOS

  1. Pretendo ser um colaborador na formação de profissionais da HCB. Sou brasileiro, e já desenvolvi
    um curso no Brasil a dois excelentes profissionais desta empresa.

  2. Eu nao tenho comentario, mas sim uma pergunta q quer ser resppondido, que o seguinte:quantos paises q kahora bassa fornece energia hidroelectrica?

  3. Sou orgulhosamente Moçambicano ( mas me envergonhou ) do meu País . Temos bastantes recursos ( minerais ,energéticos,terras ,água ) Recurso humanas ( embora não qualificado ) porque não faz parte a educação dos planos do governo e se faz e para classe de elite ou para quem tem posses . ( não produzimos nada nadinha mesmo ) só facilitamos aos poderosos ( a saquearem nos e pilhagem ) das riquezas que a Mae natureza nos deu …..

  4. É actualmente o maior produtor de electricidade em Moçambique, com capacidade superior a 2000 megawatts, que abastece Moçambique (perto de 250MW), África do Sul (1100MW) e Zimbabué (400MW). Decorrem negociações para o abastecimento do Maláui com energia eléctrica de Cahora Bassa.

  5. É actualmente o maior produtor de electricidade em Moçambique, com capacidade superior a 2000 megawatts, que abastece Moçambique (perto de 250MW), África do Sul (1100MW) e Zimbabué (400MW). Decorrem negociações para o abastecimento do Maláui com energia eléctrica de Cahora Bassa.

  6. estive ai a fazer proteção aos operarois quase todos os dias eramos atacados pelas forças da frelimo mas sempre foi construida e fico uma grande obra de origem portuguesa .

  7. No primeiro País citado e onde ironicamente está localizada a mesma consomem só e somente ( talvez ) ou menos de 20% da energia, e de pecima qualidade chegando a existirem regiões ( povoados )e povos a um Raio de vinte ( 20 Km ) deste maior empriedimento e supostamente Polo de desenvolvimento ( sem corrente eléctrica vivendo em situação de pobreza absoluta ) sem Hospital,escolas ,água potável sem estradas e comunicação e outros . Vê se pode ….a reversão da mesma tornou milionário senão Bilionário ( um quarto de pessoas ) senão uma família .

  8. No primeiro País citado e onde ironicamente está localizada a mesma consomem só e somente ( talvez ) ou menos de 20% da energia, e de pecima qualidade chegando a existirem regiões ( povoados )e povos a um Raio de vinte ( 20 Km ) deste maior empriedimento e supostamente Polo de desenvolvimento ( sem corrente eléctrica vivendo em situação de pobreza absoluta ) sem Hospital,escolas ,água potável sem estradas e comunicação e outros . Vê se pode ….a reversão da mesma tornou milionário senão Bilionário ( um quarto de pessoas ) senão uma família .

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here