Existem vários factores que podem aumentar o risco de infertilidade em mulheres, incluindo problemas de saúde subjacentes, idade, hábitos de vida e fatores genéticos. Alguns exemplos incluem:

1. Distúrbios hormonais

Distúrbios hormonais

Problemas como síndrome dos ovários policísticos (SOP) e distúrbios da tireoide podem afetar a ovulação e a capacidade de engravidar. Estes distúrbios hormonais podem afetar na produção de esperma, e a qualidade dos gametas, tornando mais difícil conceber. O tratamento pode incluir medicação e/ou terapia hormonal, dependendo da causa específica.

2. Infecções

Infecções

Infecções como a endometriose e a infecção do trato urinário podem causar danos aos órgãos reprodutivos e afetar a fertilidade. Estas infecções podem afetar a saúde dos órgãos reprodutivos e a qualidade dos gametas, tornando mais difícil conceber. O tratamento depende da causa específica da infecção e pode incluir medicamentos antibacterianos ou antivirais.

3. Cirurgias

Cirurgias

Procedimentos como histerectomia e remoção dos ovários podem afetar a capacidade de engravidar. Estas cirurgias podem prejudicar a função dos órgãos reprodutivos ou afetar a produção hormonal, tornando mais difícil conceber. O tratamento depende da causa específica da infertilidade e pode incluir terapia hormonal ou técnicas de reprodução assistida.

4. Idade

Idade

A fertilidade diminui com a idade, especialmente após os 35 anos. A idade é um factor importante para quem pretende engravidar, especialmente para mulheres. Com o envelhecimento, a quantidade e a qualidade dos óvulos diminuem, tornando mais difícil conceber naturalmente.

5. Tabagismo, álcool e drogas

Tabagismo, álcool e drogas

Esses hábitos podem afetar a fertilidade. Para maximizar as chances de fertilidade, é recomendável evitar o uso de tabaco, álcool e drogas. É importante buscar aconselhamento médico para avaliar a causa da infertilidade e determinar as melhores opções de tratamento.

6. Sobrepeso ou obesidade

Sobrepeso ou obesidade

O sobrepeso ou a obesidade podem ser fatores de contribuição para a infertilidade. O excesso de peso pode afetar negativamente os níveis hormonais, alterar a ovulação e prejudicar a qualidade dos óvulos e espermatozoides. Além disso, o sobrepeso ou a obesidade também podem estar associados a outras condições médicas, como a síndrome dos ovários policísticos e a resistência à insulina, que também podem afetar a fertilidade.

Recomendado para si:   "Kapulana Hip-Hop" marca semana da Mulher

7. Estresse

Estresse

Pode afetar os níveis hormonais e a ovulação. O estresse pode afetar negativamente a fertilidade, embora não seja uma causa directa de infertilidade. O estresse pode afetar os níveis hormonais, alterar a ovulação e prejudicar a qualidade dos gametas. Também pode prejudicar o bem-estar geral e interferir na capacidade de uma pessoa de se concentrar e se envolver em tratamentos de fertilidade.

8. Fatores genéticos

Sim, fatores genéticos podem ser uma causa de infertilidade. Algumas condições genéticas, como síndrome de Turner, síndrome de Klinefelter e síndrome de X frágil, podem afetar a produção de gametas ou a função reprodutiva. Além disso, certos fatores genéticos, como a predisposição a determinadas condições médicas, também podem afetar a fertilidade.

Além disso, algumas mulheres podem ter problemas de fertilidade sem causa aparente. É importante consultar um especialista em fertilidade caso esteja enfrentando problemas para engravidar.

Outros fatores que podem contribuir para a infertilidade incluem:

  • Doenças autoimunes: algumas condições autoimunes, como o lúpus e o sistema de anticoagulação antifosfolípide, podem afetar a fertilidade.
  • Dano aos órgãos reprodutivos: lesões ou cicatrizes nos órgãos reprodutivos, como o colo do útero ou as trompas de Falópio, podem impedir a fertilidade.
  • Fator masculino: problemas de fertilidade masculina, como baixa contagem de espermatozóides ou problemas de movimentação dos espermatozóides, podem contribuir para a infertilidade.
  • Tratamentos anteriores: alguns tratamentos, como radioterapia ou quimioterapia, podem afetar a fertilidade.
  • Estilo de vida: alguns estilos de vida, como sedentarismo ou exposição a substâncias tóxicas, podem afetar a fertilidade.

É importante notar que a infertilidade pode ser causada por uma combinação de fatores e às vezes não é possível identificar uma causa única. Um especialista em fertilidade pode ajudar a determinar as causas da infertilidade e recomendar o melhor tratamento.