• Você não vai controlar sua família com violência física ou psicológica.
  • Você não tem o direito de definir como a sua parceira deve se comportar só porque a casa é sua.
  • Você não é macho, poderoso e nem é chefe da família.
  • Você não é “consumidor sexual”  da sua parceira.
  • A culpa não é do alcool e nem do stress, a culpa é sua.

Não há nada que justifique a violência contra quem quer que seja. Como você tem a coragem de agredir aquela a quem deveria  proteger com a sua vida?

Recomendado para si:   Os 9 casos mais chocantes de anorexia